Para adquirir nossos folhetos e demais materiais para palestras







Movimento em Defesa da Vida da Arquidiocese do Rio de Janeiro
Notícias

Jovens manifestam-se contra o aborto no Centro do Rio

Dezenas de pessoas participaram de um Manifesto contra a legalização do aborto, nas escadarias da Câmara dos Vereadores, na Cinelândia, Centro do Rio, em 30/10/2007. O evento foi uma resposta ao lançamento da campanha da União Nacional dos Estudantes (UNE) pela legalização do aborto em nosso país, no campus Praia Vermelha da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 27/09/2007. No evento da Cinelândia, havia muitas faixas com a frase “Sou jovem, sou estudante, e sou contra o aborto". Organizaram o evento em defesa da vida o vereador Márcio Pacheco, presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida, e a Comissão Arquidiocesana de Promoção e Defesa da Vida. Apoiaram a sua realização o Movimento em Defesa da Vida da Arquidiocese do Rio de Janeiro, a Associação Nacional Mulheres pela Vida, o Instituto Juventude pela Vida, e o grupo Cidadãos pela Vida. Na ocasião, integrantes da Frente Parlamentar em Defesa da Vida colheram assinaturas contra o aborto, o que continuam fazendo



        voltar à página Notícias

Ser contra o abortamento provocado de bebês no ventre materno é uma questão ética, já que todos os seres humanos, independentemente da sua idade, ou de qualquer outra condição, têm a mesma dignidade de pessoa humana. É também uma questão científica, visto que há décadas a Ciência afirma que a vida humana começa no momento da concepção, com a primeira célula, o zigoto. É, ainda, uma questão jurídica, uma vez que todo ser humano tem, como o primeiro dos direitos, o direito natural à vida, da concepção até a morte natural. Finalmente, é uma questão também religiosa porque cada um de nós tem, acima de tudo, a dignidade sobrenatural de filho ou filha de Deus.