Para adquirir nossos folhetos e demais materiais para palestras







Movimento em Defesa da Vida da Arquidiocese do Rio de Janeiro
Notícias

Um milhão de pessoas protestam contra legalização do aborto na Espanha

Em Madri, mais de um milhão de pessoas participaram em 17/10/2009 de uma manifestação contra a proposta o governo de José Luis Rodríguez Zapatero de legalização do aborto até a 14ª semana de gestação. A lei em vigor permite o aborto em casos de estupro (até 12ª semana de gravidez), má-formação do feto (até a 22ª semana), ou perigo para a saúde física ou psíquica da mãe (em qualquer tempo da gravidez).


voltar à página Notícias

Ser contra o abortamento provocado de bebês no ventre materno é uma questão ética, já que todos os seres humanos, independentemente da sua idade, ou de qualquer outra condição, têm a mesma dignidade de pessoa humana. É também uma questão científica, visto que há décadas a Ciência afirma que a vida humana começa no momento da concepção, com a primeira célula, o zigoto. É, ainda, uma questão jurídica, uma vez que todo ser humano tem, como o primeiro dos direitos, o direito natural à vida, da concepção até a morte natural. Finalmente, é uma questão também religiosa porque cada um de nós tem, acima de tudo, a dignidade sobrenatural de filho ou filha de Deus.