Para adquirir nossos folhetos e demais materiais para palestras







Movimento em Defesa da Vida da Arquidiocese do Rio de Janeiro
Notícias

CFM limita número de embriões em reprodução assistida


Em 06/01/2011, o Conselho Federal de Medicina divulgou no Diário Oficial da União as novas regras para a fecundação de óvulos humanos em laboratório. Uma das regras é a da limitação do número de embriões a serem implantados. O objetivo: diminuir a incidência de gravidez múltipla e evitar a redução embrionária, ou seja, a eliminação dos embriões excedentes ou indesejados! A partir de agora, mulheres com até 35 anos de idade podem ter até dois embriões implantados, mulheres com 36 a 39 anos até três embriões, e mulheres com mais de 40 anos de idade podem ter até quatro embriões implantados. Avanço ético?


        
voltar à página Notícias

Ser contra o abortamento provocado de bebês no ventre materno é uma questão ética, já que todos os seres humanos, independentemente da sua idade, ou de qualquer outra condição, têm a mesma dignidade de pessoa humana. É também uma questão científica, visto que há décadas a Ciência afirma que a vida humana começa no momento da concepção, com a primeira célula, o zigoto. É, ainda, uma questão jurídica, uma vez que todo ser humano tem, como o primeiro dos direitos, o direito natural à vida, da concepção até a morte natural. Finalmente, é uma questão também religiosa porque cada um de nós tem, acima de tudo, a dignidade sobrenatural de filho ou filha de Deus.